Tradução

domingo, 22 de setembro de 2013

POEMA NÃO DITO


Não dito,
Mal dito,
Bem dito.
     Três estados do dizer.

Não dito das emoções,
Bem guardadas nos corações,
Por medo da censura;
Do não acolhimento,
E do arrependimento.

Mal dito que,
Quando falado,
Emerge para ser curado.

Bem dito de bem dizer,
Bem dito de acolher,
A si mesmo e ao outro,
Revelando-se no encontro,
E também na manifestação,
Da consciência da Unidade,
Que conduz á Liberdade.

Liberdade de ser e estar no mundo,
No Ponto de Mutação,
E também de União,
Entre Mente e Coração,
A serviço da Evolução.

Bem Dito Sejas,
Tu Também.
AMEM!

Sueli Meirelles Aeroporto de Brasília, em 08/09/13 às 15:00

                              

 Compartilhe e ajude-nos a formar a Massa Crítica para a Mudança de Mentalidade que todos nós desejamos no mundo.

www.suelimeirelles.psc.br

suelimeirelles@gmail.com



quarta-feira, 18 de setembro de 2013

O EU DIVIDIDO


            O principal objetivo da Abordagem Transdisciplinar em Ciência é o resgate da inteireza do Ser Humano. Nas Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, o Ser Humano é um Eu Dividido: Seu corpo físico está situado na área biomédica, enquanto sua mente integra a área humana do conhecimento. Tal fragmentação de conceitos se reflete numa abordagem igualmente fragmentada da saúde, como se fosse possível ter saúde física, sem que se tivesse saúde mental.
 Numa visão mais abrangente e atualizada, a Organização Mundial de Saúde conceitua o termo “Saúde” como o bem-estar físico, emocional, mental e espiritual do indivíduo, podendo este conceito ser ainda ampliado para grupos, organizações e nações. O trabalho preventivo na área de saúde deve, não somente incluir as várias especialidades (Medicina, Psicologia, Odontologia, Fisioterapia, Nutrição, Enfermagem, Biologia... para apenas citar algumas (são ao todo 14 especialidades), mas também os diferentes níveis de funcionamento do Ser Humano, hoje compreendido como um Ser Multidimensional, que tem um corpo físico, em permanente interação com os seus níveis extra-físicos de funcionamento emocional, mental e espiritual. Partindo deste princípio, podemos compreender a necessidade de se desenvolver mais o conceito de Saúde Integral, como um estado de “estar a salvo” de riscos e ameaças, internas e externas, que possam afetar a saúde do Ser Humano como um todo.
No primeiro Século da Era Cristã, em Alexandria, no Egito, havia uma comunidade de terapeutas, um misto de Sacerdotes, Médicos, Psicólogos e Professores que cuidavam do Ser Humano como um todo. O termo terapeuta, lingüisticamente, tem o sentido de curador da alma; uma espécie de hermeneuta ou intérprete da linguagem do inconsciente humano, capaz de auxiliar o indivíduo a reorganizar o seu imaginal. O nível imaginal do Ser Humano se refere às crenças que direcionam sua vida, estas, por sua vez, constituídas por padrões lingüísticos e por uma visão de mundo que poderá ser auto-limitante ou auto-libertadora, diante dos obstáculos encontrados. Quando estes são compreendidos como desafios através dos quais o indivíduo irá desenvolver novas habilidades e competências para lidar com a vida, funcionam como estímulos ao desenvolvimento; quando, por sua vez, são compreendidos como castigo, rejeição e falta de oportunidades, geram a apatia cidadã, tão presentes naqueles que já perderam todas as esperança diante da vida.

            Sob este enfoque, o ponto de partida para a manutenção do estado integral de saúde, por pouco que estejamos habituados a este conceito, começa pela saúde espiritual. As pesquisas na área de psicossomática, desde há algum tempo, comprovaram os efeitos curativos da fé. Acima de tudo, a fé internalizada se expressa pela autoconfiança decorrente de estar consciente do sentido da própria vida; de uma missão existencial que, por si só, coloca o Divino dentro de cada indivíduo, na forma de motivação e entusiasmo, diante da possibilidade de concretização de um ideal. Estes componentes espirituais da vida, por sua vez, irão se refletir no padrão mental do indivíduo. Os pensamentos lamentosos e pessimistas serão naturalmente substituídos por metas existenciais bem definidas, positivas e construtivas, levando o indivíduo ao engajamento em atividades condizentes com os ideais que tenha estabelecido para a sua vida. Este padrão mental positivo provocará o surgimento de emoções igualmente positivas, de entusiasmo, otimismo, alegria, motivando o indivíduo para a realização desses ideais, através de ações concretas. No nível físico, este sentido de vida estará aliado a uma alimentação saudável e aos exercícios físicos de ativação muscular  que o corpo precisará para se mobilizar em direção de suas metas.
            Esta visão integral do Ser Humano exige uma Abordagem Científica Transdisciplinar, revertendo a tendência de fragmentação do conhecimento por especialidades, através de um diálogo interdisciplinar, entre os profissionais de saúde, para que, posteriormente, se amplie esta proposta para o nível transdisciplinar, em que os profissionais de saúde, já integrados, poderão dialogar com outros Saberes, igualmente importantes para a compreensão do Ser Humano.
            Tal amplitude de compreensão do Ser Humano exige que aqueles que têm a missão de lidar com qualquer um desses aspectos da experiência humana, reúnam-se em torno do seu foco de estudo (o Ser Humano), resgatando a compreensão de sua inteireza física, emocional, mental e espiritual, para promover uma mudança de mentalidade, sem a qual nada mais será possível.

            Por este aspecto, Sacerdotes, Médicos, Psicólogos, Professores,  Instituições Religiosas, Educacionais e Empresas (aliados a ações governamentais), são agentes sociais e pólos executores fundamentais para a transformação do ”Eu Dividido”  num “EU SOU” consciente de sua missão existencial: Conhecedor de suas origens, de suas metas e, principalmente, do sentido de sua passagem pelo planeta.


                                                       SUELI MEIRELLES   Site: www.suelimeirelles.psc.br


 Siga-me e ajude a formar a Massa Crística para a Mudança de Mentalidade que todos nós desejamos no mundo.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

EU SOU A ÁGUA


Eu sou a água. No início da criação, era límpida e cristalina, correndo livremente pelos caminhos designados pelo Criador. Através da minha circulação, a seiva era transportada, a energia fluía, e a vida se tornava abundante. Eu era o útero da criação; o princípio no qual tudo teve início e, através de mim, a vida se fez presente, desenvolveu-se e realizou-se.
Durante muito tempo fui assim, límpida e translúcida, cumprindo minha função de corrente sangüínea da Terra... E aí veio o homem. É o homem bebeu de mim; e o homem começou a me utilizar nas suas plantações; e eu contribuí para a abundância das suas colheitas. Mas, o homem começou a me usar de forma indevida. Começou a represar-me e a desviar meus caminhos; começou a me utilizar segundo a sua vontade, descumprindo as Leis do Criador.
Muitos e muitos séculos se passaram e chegamos aos tempos atuais. Agora, sinto-me doente; muito, muito doente... Em muitos lugares, a minha circulação foi destruída; bloqueada e desviada do seu curso natural. Isto começou a gerar desequilíbrios. Em muitos lugares, fiz inundações; em outros, tornei-me escassa. Seres morreram afogados; seres morreram de sede. A minha liquidez foi-se tornando estagnada; sem fluxo. Resíduos e dejetos foram jogados em meu leito. Em muitos lugares, tornei-me negra e viscosa, como esses resíduos que me foram atirados. Nem me lembro mais como é ser água! Tornei-me tão imunda! Meu sofrimento é muito grande! Sinto-me agredida, desrespeitada pelo homem que se esqueceu de que faz parte dessa mesma Natureza. Que se esqueceu de que tem em si também uma circulação; que se esqueceu que essa água que existe fora, também existe dentro dele, em suas veias, e que, quando a água fora está poluída, seu próprio sangue fica contaminado.
Humanidade! Acordai para isto! Percebei que todos os elementos que existem fora de vós, existem também em vosso interior. Percebei que, quando poluís a Natureza, poluís a vós mesmos.
Humanidade! Acordai, enquanto é tempo! Despertai, hoje, para a limpeza dos elementos da Natureza. Limpai vossas mentes de toda a poluição da qual sois causadores. Limpai!
A Natureza chora e sofre, silenciosamente. Toda essa Natureza que reflete o livre arbítrio da própria mente humana, e se agonia ao perceber que está se preparando pra revidar ao homem, todo o mal que o homem lhe causou. Ainda há tempo! Socorrei a Natureza, que não possui o livre arbítrio do homem! Socorrei a Natureza que depende da ação humana. Limpai!  Limpai!  Limpai tudo isso! Usai a mim mesma. Cuidai de mim, principalmente devolvendo-me o poder e a força de ser pura e cristalina. Devolvei-me a condição de ser purificadora, utilizando-me para limpar os outros elementos. Recuperai as florestas. Cuidai dos animais que nelas vivem. Respeitai as suas condições naturais, que obedecem aos Desígnios Superiores. Reintegrai-vos a esta mesma Natureza da qual fazeis parte. Limpai vossas mentes e vossos corações. Limpai vossas mãos, elevando-as aos céus e agradecendo ao Criador por tudo o que recebestes; ocupando a vossa função de co-criadores e não, de destruidores. E aí, então, à medida que cada um de vós se tornar capaz de construir, visualizai as cascatas, os rios, as lagoas e os mares retornando às suas condições naturais, geradoras de vida. A mesma vida que circula por vossos corpos. Restabelecei a saúde em vós e em todo o Planeta Terra.

                                                    EU SOU A ÁGUA, Pura e Cristalina.

                                  SUELI MEIRELLES   Site: www,suelimeirelles.com
                       Whatsapp: 55 22 99955-7166



 Siga-me e ajude a formar a Massa "Crística" para a Mudança de Mentalidade que todos nós desejamos no mundo.




[1] Mensagem Canalizada no Carrossel de Luz

terça-feira, 10 de setembro de 2013

É TEMPO DE FEMININO



Não tem que haver guerra!

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de cuidar.

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de amar.

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de atravessar
Todas as barreiras
Que os homens construíram entre si.

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de mãe:
Mãe que gesta,
Mãe que cuida,
Mãe que nutre,
Mãe que embala,
Mãe que beija,
Mãe que abraça,
Mãe que acalenta...

Por isso é tempo de feminino.
Porque quando o filho sofre,
a mãe também sofre.
E por isso as mães não gostam de guerras.
Porque seus sagrados filhos não foram gestados e paridos para lutarem entre si.
Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de cuidar.
Porque é tempo de amar.
Cuidai do feminino,
Dentro de cada um de vós,
Homens e mulheres deste lindo Planeta Azul.

EU SOU em Vós,
Vós sois em mim.
EU SOU a CLARA LUZ DA CONSCIENCIA.

(Mensagem Canalizada na Reunião do Carrossel de Luz (Nova Friburgo).

Em 15/08/13