Tradução

terça-feira, 31 de março de 2015

REPROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA PARA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

Amigos: Com base em 30 anos de prática em Reprogramação Mental, trago para voces este precioso instrumento para mediação de conflitos pessoais, familiares, profissionais e sociais. Neste curso voce irá aprender a construir perguntas poderosas que conduzem ao encontro interpessoal e consequentes soluções de problemas, em diferentes áreas de atuação. Através de seminários vivenciais, na parte da manhã voce irá aprender a teoria que fundamenta a construção das perguntas poderosas e, na parte da tarde, voce irá compartilhar os conhecimentos adquiridos com seus colegas de turma, através da representação de situações reais, escolhidas por voce. Lembre-se: Tudo o que é vivenciado fica registrado no seu inconsciente, desse modo preparando voce, efetivamente, para utilizar este poderoso instrumento de mediação de conflitos. Este curso é especialmente recomendado para os profissionais da área de justiça, educação, saúde, empresarial e social. O segundo seminário será no dia 11/04/15, no Hotel Shangrilá, em Nova Friburgo (55 22 2522-7846), onde voce poderá  curtir a natureza e saborear delicioso e saudável cardápio ovo-lacto-vegetariano. Em função do sucesso de primeiro seminário, estamos atendendo aos pedidos de inclusão e ampliando a turma. Venha participar, também. Reponha o seminário anterior, via Skipe e prepare-se para desenvolver esta nova postura pessoal e profissional, otimizando a sua comunicação. O que voce está esperando? Reserve sua vaga. Ligue 55 22 99955-7166

domingo, 29 de março de 2015

A ARTE DE ANGELA BELLINO

Conheça o maravilhoso trabalho da artista plástica Angela Bellino. Pedidos pelo Cel  55 21  998.600.034 ou  55 21 2572-0382.


Travessas de peixe e petisqueiras


Sopeiras e pratos de bolo


Pratinhos de pizza... e muito mais!

segunda-feira, 16 de março de 2015

O DIA EM QUE O BRASIL ESCOLHEU A PAZ - Política

15 DE Março de 2015. Segundo a Teosofia, um semi-portal de consciência: 15= 6  que simboliza o sexto estado de consciência da fé. O 3 simboliza o amor. 6/3/6= 15 = 6 = a fé que, visivelmente, para quem teve olhos de ver e ouvidos de ouvir,  comandou todo o processo de manifestações, nesta data. Impressionante o movimento pacífico de milhares de brasileiros e brasileiras que foram ás ruas clamar pelo fim da corrupção, que empobrece o nosso querido Brasil. Visivelmente, no dia 15/03/15, o Brasil escolheu a Paz. Mas, para que possamos continuar a construir um país pacífico, precisamos compreender como, por que e em que situações, escolhemos a guerra, movidos pela fantasia de separatividade que divide famílias, afasta amigos e expande o sofrimento pela sociedade. Não existem simplesmente pessoas do bem e pessoas do mal. Isto é ingenuidade evolutiva. O bem e o mal habitam dentro de cada um de nós. Somos luz e sombra, evolutivamente destinados a iluminar nossa escuridão com a nossa própria luz. A guerra começa dentro de cada ser humano, para depois manifestar-se no plano físico, emocional, mental e espiritual de nossa casa planetária.  Assim sendo, como promovemos as guerras? Nossas personalidades são formadas por quatro níveis de desejos: Material, sexual, desejo de poder e apego afetivo. Quando estamos polarizados negativamente, no jogo evolutivo da vida escolhemos o melhor para nós mesmos, segundo nossos próprios critérios, e o pior para aqueles que julgamos serem os nossos inimigos, projetando sobre eles todas as nossas emoções negativas, geradoras de desejos de vingança e destruição. Eu tenho direito aos bens materiais e você deve viver na miséria, diz o desejo material mal qualificado, dentro de nós; eu tenho direito ao prazer, você deve sofrer, diz o desejo sexual mal qualificado, dentro de nós; eu mando e você deve me obedecer, diz o nosso desejo insano de poder, movido pela vaidade, que nos torna cegos diante dos direitos alheios; eu quero para mim tudo que penso que amo, diz o apego afetivo, desrespeitando o livre arbítrio daqueles que pensamos amar e aprisionamos em nome dos sentimentos de posse, sem sabermos que amar e simplesmente desejar o bem dos nossos semelhantes. E assim surgem as guerras, primeiramente dentro de nós, depois na família e na sociedade, es'palhando a discórdia, em nome de crenças, pressuposições e ideologias pessoais.
                A crise brasileira não é somente política; é civilizatória. É crise de valores humanos; valores essenciais, tais como vontade, sabedoria, amor, paz, equilíbrio, fé e compaixão. Valores como honestidade, integridade, respeito, que foram esquecidos e precisam ser recuperados. A crise brasileira é crise de ética, que tem origem no sentido espiritual da preservação da vida, em todas as suas formas de manifestação. A corrupção expressa por nossos políticos impregnou a sociedade de tal modo, que foi institucionalizada. Precisamos recuperar o valor da palavra humana; precisamos rever os conceitos e os símbolos que unem a nação brasileira, a qual todos, independentemente de partidos, pertencemos. O tempo dos partidos acabou; agora queremos a inteireza das ações construtivas. O tempo das lideranças políticas verticais, dos salvadores da pátria, acabou.  O tempo das políticas de palanque acabou. Agora é tempo da  política de redes sociais, através das quais os cidadãos se agregam em torno de ideais, tornando-se responsáveis por si mesmos Tanto o capitalismo selvagem, que escraviza o povo com juros extorsivos, quanto o socialismo radical, que desrespeitando a Lei do Livre Arbítrio que rege a vida, cerceia a liberdade e iniciativa dos empreendedores, trazem infelicidade aos povos de nossa única morada planetária. Precisamos encontrar o ponto de equilíbrio entre os extremos, resultante do melhor que cada lado possa oferecer ao bem comum.

                Parabéns ao povo brasileiro que, a exemplo do que acontecia na Grécia Antiga, berço da democracia,   foi para as praças públicas,  reivindicar, de modo civilizado, seus direitos de cidadão. O povo brasileiro é amoroso e pacífico e se comportou com tal, dando um belo exemplo ao mundo inteiro. Continuemos a orar pelo bem do Brasil que tanto amamos. Continuemos a orar pela paz dentro de cada um de nós e na sociedade em que vivemos. Continuemos a pedir a luz da consciência para todos aqueles que, independentemente de partidos políticos, sobrepuseram as cores de suas ideologias às cores nacionais; vamos pedir a luz da consciência para todos aqueles que se  esqueceram do verde e do amarelo presentes no símbolo maior que une a todos nós, como integrantes de uma só nação: A Bandeira Brasileira.

                                            Sueli Meirelles em Nova Friburgo, 15/03/15

Compartilhe e ajude a construir a Massa Crística da Mudança de Mentalidade Brasileira.

Site: www.suelimeirelles.com
Email: suelimeirelles@gmail.com
Whatsapp: (22) 999.557.166

domingo, 8 de março de 2015

É TEMPO DE FEMININO



Não tem que haver guerra!

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de cuidar.

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de amar.

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de atravessar
Todas as barreiras
Que os homens construíram entre si.

Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de mãe:
Mãe que gesta,
Mãe que cuida,
Mãe que nutre,
Mãe que embala,
Mãe que beija,
Mãe que abraça,
Mãe que acalenta...

Por isso é tempo de feminino.
Porque quando o filho sofre,
a mãe também sofre.
E por isso as mães não gostam de guerras.
Porque seus sagrados filhos não foram gestados e paridos para lutarem entre si.
Por isso é tempo de feminino.
Porque é tempo de cuidar.
Porque é tempo de amar.
Cuidai do feminino,
Dentro de cada um de vós,
Homens e mulheres deste lindo Planeta Azul.

EU SOU em Vós,
Vós sois em mim.
EU SOU a CLARA LUZ DA CONSCIENCIA.

(Mensagem Canalizada por Sueli Meirelles, na Reunião do Carrossel de Luz (Nova Friburgo).

Em 15/08/13